Piranhas: conheça uma das cidades da rota do cangaço em Alagoas

Um bom destino distante das praias em Alagoas, que ainda assim conquista o coração de quem visita, é o município de Piranhas. Uma cidadezinha pacata, com traços próprios bem preservados e que carrega consigo um passado histórico. A sensação é de que o tempo não passou por ali e que você está mergulhando na história do Brasil, só que contada pelo povo nordestino. Quer conhecer? Continue lendo!

Neste post te falaremos mais sobre esse tesouro escondido no estado de Alagoas. Além disso, ainda te guiaremos aos melhores passeios e destinos por lá. Além, é claro, de te deixar pronto para arrumar as malas e seguir viagem para conhecer o município. Confira!

 

A cidade de Piranhas 

Piranhas

Foto: Marco Ankosqui/Ministério do Turismo – Reprodução

O pequeno município com pouco mais de 25 mil habitantes pode não aparentar tamanho significado. No entanto, é um dos destinos mais visitados no estado e intitulado Patrimônio Histórico Nacional desde 2003 pelo Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional (IPHAN). 

A “Lapinha do Sertão”, como foi apelidada por D. Pedro II em 1859 durante uma visita pela região, possui uma série de ricos detalhes e belas paisagens que encantam quem a visita.

Casas coloridas, ruas em paralelepípedo, o clima típico de cidadezinha de interior, as imensas escadarias, o povo sertanejo receptivo e a vista deslumbrante do Rio São Francisco são o que fazem de Piranhas um destino memorável. 

 

Cidade que tem história 

Piranhas é definitivamente um tesouro histórico do Sertão de Alagoas e não só pela presença de D. Pedro II, apesar do grande impacto que a visita dele tem até hoje no local. Para se ter uma breve dimensão sobre isso, basta reparar que todas as memórias da época são respeitosamente guardadas em cada canto da cidade.

Ainda em seu fatos históricos, e com certeza o principal depois da visita de D. Pedro II, foi de ser palco para dois dos momentos mais importantes durante a época do Cangaço. Um deles foi a morte do temido cangaceiro Gato, executado por moradores locais, do alto de suas casas, que impediram o avanço dos cangaceiro. 

Outro ponto alto da participação de Piranhas na história foi durante o período que durou entre os séculos 19 e 20. Afinal, foi lá que Lampião foi morto por soldados que partiram do próprio município. A escadaria da prefeitura serviu de local de exposição para as cabeças decapitadas dos cangaceiros depois da batalha da Grota do Angico.

Não o bastante, Piranhas ainda ganhou mais um motivo de destaque no cenário nacional graças à criação da Usina do Xingó. Localizada às margens do Rio São Francisco, ela formou cânions navegáveis de água esverdeada. O cenário que se formou atrai e encanta turistas de diversos lugares do país até hoje. 

 

O que fazer em Piranhas?

Atrativos não faltam para aproveitar na cidade. Porém, os dois principais destinos são históricos. Um deles é a Rota do Cangaço. Um agradável passeio que se inicia de catamarã pelo Rio São Francisco e segue por 1.5km de trilha. O passeio transita pelas trilhas de Lampião e seu bando. Dessa forma, quem faz o passeio conhece um pouco da história do sertão brasileiro.

O outro é o passeio pelos Cânions do Rio São Francisco. Ele parte do município de Canindé, em Sergipe, e dura cerca de 3 horas. O percurso contempla belíssimas paisagens do sertão nordestino. Além disso, envolve quem participa com lendas, histórias e canções regionais que fazem a experiência ser ainda mais incrível. 

Piranhas

Foto: Marco Ankosqui/Ministério do Turismo – Reprodução

Além dos dois principais passeios, ainda existem muitos locais para se conhecer em Piranhas. Você pode visitar em um só dia o Museu do Sertão, o Centro Histórico ou a Usina de Xingó. Além disso, também pode ir aos dois mirantes com escadas imensas: o secular e o da Igreja. Por tudo isso, Piranhas é uma ótima alternativa para quem está hospedado em Maceió e quer conhecer outras belezas do estado.

Neste texto você encontrou uma série de razões para colocar ainda hoje Piranhas como seu próximo destino de viagem. Portanto, o que está esperando? Arrume as malas e caia na estrada!


Além disso, você pode conferir outros conteúdos como esse e se encantar ainda mais por Alagoas em nosso blog. Assine nossa newsletter e confira!

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *